Nosso Blog

Descubra sobre sua Marca

Razão Social: o que é, como escolher e diferença de nome fantasia

Razão Social: o que é, como escolher e diferença de nome fantasia

O começo de uma empresa é sempre um grande desafio. Isso porque, nessa fase, é comum que empreendedores de primeira viagem ainda não estejam familiarizados com os termos que acabam surgindo, como no caso do termo “Razão Social”, que ainda gera confusão na hora de abrir um negócio.

A Razão Social de uma empresa nada mais é do que seu nome jurídico (aquele que você registra na Junta Comercial ou em cartório). Esse nome é usado em documentos oficiais, contratos, aberturas de contas em bancos e notas fiscais e também pode ser usado para a realização de um registro de marca.

Justamente por ser o nome que vai em documentos é que é preciso escolhê-lo com cuidado. Uma dica é contar com a ajuda de um bom contador, que pode te auxiliar sobre quais nomes funcionam e quais podem confundir seus clientes. Caso você já tenha escolhido o nome, um passo importante é realizar uma busca prévia no INPI para saber se ele está disponível para registro.

Vale lembrar também que a Razão Social sigla (como ME, EPP, E e LTDA) que revela qual o tipo da empresa. Saiba mais sobre as diferenças entre essas categorias.

 

Qual a diferença entre Razão Social e Nome Fantasia

Também conhecido como Nome de Fachada ou Marca Empresarial, o nome fantasia é aquele usado para divulgar uma empresa e, geralmente, é mais simples e curto que a razão social, já que isso facilita na memorização dos consumidores.

Ele serve principalmente para a divulgação e aproveitamento de sua marca, além de ser importante para a estratégia de marcas e de vendas. A empresa “Bauducco”, por exemplo, estampa seus produtos com seu Nome Fantasia, que soa muito melhor e mais simples do que “Pandurata Alimentos Ltda.”, que é sua Razão Social.

 

Como consultar a Razão Social pelo CNPJ

O próprio site da Receita Federal oferece um serviço chamado Consulta CNPJ. Na página, você digita o CNPJ que quer consultar e, em seguida, tem acesso à ficha cadastral da empresa, que contém diversas informações. Além da Razão Social, você descobre o porte, a natureza jurídica, data de abertura e até a situação cadastral da empresa.

 

Como funciona a Razão Social de MEI

Conhecida também por “Nome Empresarial”, a Razão Social para MEI é constituída pelo nome + número do CPF da pessoa, como por exemplo, “Mariana Ramos 12345678910”. Esse nome é definido pela Receita Federal e não pode ser alterado. A única forma de alterar essa nomenclatura é quando o MEI passa a se enquadrar como ME.

O ME se diferencia do MEI pelo seu valor de faturamento (até R$ 360 mil) e também pelo fato de que pode ter mais de um titular. No entanto, cabe ressaltar que é direito do MEI realizar alterações no Nome Fantasia sempre que necessário - a mudança pode ser feita no Portal do MEI (Portal do Empreendedor).

Aproveite e saiba como funciona e quais são os requisitos e os documentos necessários  para abertura de MEI.