Nosso Blog

Descubra sobre sua Marca

OKR: o que é?

OKR: o que é?

Dentro de um planejamento estratégico de uma empresa, o objetivo, normalmente, é fazer com que a companhia atinja algum objetivo, crescimento financeiro, aumente o número de seguidores, entre outros. Para facilitar os planos e suas execuções, existe a metodologia OKR, sigla para Objectives and Key Results, e que podemos traduzir como Objetivos e Resultados-chave. Conheça mais sobre esse método.

O que é o método OKR?

Criada pelo ex-CEO da Intel, Andrew Grove, o objetivo do OKR é criar uma abordagem simples para criar alinhamento e engajamento em torno de metas mensuráveis. Dessa forma, a ideia é que seja mais fácil visualizar os principais objetivos da empresas e os resultados importantes para alcançar a meta estabelecida.

Apesar de muito usado por grandes empresas, como é o caso do Google, essa metodologia se encaixa muito bem para pequenas e médias empresas, possibilitando resultados claros e eficientes.

 

Como funciona o OKR?

Entender como esse método funciona contribui bastante para um bom uso e, claro, para a mensuração dos resultados. Como falamos no inícios, OKR pode ser traduzido para Objetivos e Resultados-chave. E é dessa forma que vamos dividir para mostrar o seu funcionamento.

 

Objetivos

Os objetivos são aquilo que a sua empresa quer conquistar. Eles devem estar bem claros para que todos saibam qual será a missão para alcançá-los. Veja um exemplo que vamos usar para facilitar o entendimento: aumentar consideravelmente as vendas.

Esse objetivo é claro e bem específico para que não fiquem dúvidas sobre o principal foco da empresa.

 

Resultados-chave

Os resultados são muito importantes para alcançar os objetivos que a empresa propôs. Além disso, eles servem para mensurar o passo a passo da companhia até atingir a sua meta estabelecida.

Veja um exemplo, com base no que foi usado no tópico anterior. Para a empresa aumentar consideravelmente suas vendas, ela pode:

 

Essas metas menores podem ser mensuradas para que, ao final, a empresa consiga, passo a passo, alcançar o objetivo principal.

 

Como implementar o OKR em uma empresa?

Muito mais do que só pensar em objetivos e resultados-chave, é preciso ter uma estratégia e um planejamento para que a metodologia funcione. Um bom plano facilita o entendimento da equipe e contribui para o sucesso. Veja alguns passos:

  • Defina metas de forma clara: essa definição vai facilitar o entendimento dos objetivos e deixar os colaboradores mais à vontade para atingir a meta;
  • Divida os objetivos entre todos: é importante que os objetivos sejam escolhidos pelos líderes, mas também que uma parte seja selecionada pelo restante da equipe;
  • Estabeleça prazos curtos: os prazos para atingir as metas não podem ser longos demais, pois prejudicam o desempenho. Um trimestre é o mais comum, pois mantém a urgência para alcançar o resultado e dá tempo de todos cumprirem a missão;
  • Monitore constantemente os resultados: fique sempre acompanhando, seja por causa dos prazos curtos, como para garantir a sequência de trabalho. Fazer uma avaliação semanal é uma forma de monitorar e mensurar os resultados;
  • Deixe todos a par dos OKR’s: se todos possuem o objetivo, é importante que todos saibam quais são. A ideia não é pressionar pelos resultados, mas sim deixar os colaboradores informados;
  • Esforço é diferente de resultado: é bonito ver todo o time trabalhando e isso deve ser valorizado, mas o que deve ser analisado são os resultados. Por isso a importância das métricas para acompanhamento.

 

A diferença entre OKR e KPI?

 

Uma dúvida muito comum é entre essas duas siglas, o OKR e o KPI, que significa Indicadores-chave de Performance. Basicamente, a diferença entre eles é que o OKR é a metodologia para definir um objetivo e metas menores para chegar ao ponto principal.

Já o KPI são os números, os dados que ajudam a entender melhor as metas determinadas.

Saber essa diferença é importante, principalmente, quando for mensurar o OKR.

 

Como mensurar o OKR?

Uma das formas mais comuns de mensurar o OKR é fazendo contas simples ao estabelecer um formato de pontuação, que pode ser percentual, de 0% a 100%. Essa será uma forma mais fácil de entender a quantas anda. Para ajudar no entendimento, pode ser dividida assim:

  • de 60% a 100% - Bom resultado;
  • de 40% a 60% - Resultado mediano;
  • Abaixo de 40% - ruim

 

Agora, basta fazer uma conta básica, que é dividir o objetivo que se tem pelo resultado real obtido. Feito isso, você terá o indicador.

 

Mas além disso, há algumas outras formas, como já dissemos, que é fazer uma reunião semanal com a equipe. E para agilizar o trabalho, é possível selecionar um gestor para cada OKR, de forma que essa pessoa seja a responsável em resolver entraves e analisar essas métricas para serem debatidas nos encontros.

 

Como foi possível ver, o OKR é um método de trabalho bastante eficiente, mas que vai além dos números, focando também na atitude da equipe e, principalmente, nos resultados determinados. Agora basta aplicar essas dicas para que a metodologia seja bem aplicada e você possa visualizar um crescimento nos próximos meses.